LiveZilla Live Chat Software

Constellation, le dépôt institutionnel de l'Université du Québec à Chicoutimi

Comparação do equilíbrio postural de idosos sedentários, praticantes de diferentes modalidades de exercícios e adultos jovens

Martins Raquel de Melo, Camata Thiago V., Dascal Juliana B., da Silva Rubens Alexandre et Marques Inara. (2018). Comparação do equilíbrio postural de idosos sedentários, praticantes de diferentes modalidades de exercícios e adultos jovens. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, 32, (2), p. 289-297.

[img]
Prévisualisation
PDF - Version publiée
Disponible sous licence Creative Commons Attribution.

248kB

URL officielle: http://dx.doi.org/doi:10.11606/1807-55092018000202...

Résumé

O objetivo deste estudo foi comparar o equilíbrio postural de idosos praticantes de duas modalidades de exercícios físicos, idosos não praticantes e adultos jovens, na presença e ausência de informação visual. Participaram 51 indivíduos (n = 31 do sexo feminino e n = 20 do sexo masculino), subdivididos em quatro grupos: idosos praticantes de karatê (GIKA, n = 11), idosos praticantes de ginástica generalizada (GIGG, n = 16), idosos não praticantes de exercícios físicos (GINP, n = 12), e um grupo controle de adultos jovens (GAJ, n = 12). A tarefa constituiu em permanecer em apoio estático, posição semi tandem, sobre a plataforma de força por 40 segundos. Duas condições experimentais foram realizadas: com visão e sem visão. As variáveis de controle postural obtidas a partir do centro de pressão (Cop) foram: área de oscilação do Cop, velocidade e amplitude média de oscilação do Cop nas direções ântero-posterior e médio-lateral. Os resultados indicaram que os idosos praticantes de exercícios físicos GIKA e GIGG obtiveram desempenhos semelhantes, não diferenciando a modalidade praticada, tanto na condição com visão quanto sem visão, aproximando seu desempenho de adultos jovens, mais especificamente o grupo GIGG. Na condição sem visão, todos os grupos mostraram-se mais suscetíveis à instabilidade postural. O grupo GINP apresentou maior oscilação postural em todas as variáveis analisadas quando comparado aos outros grupos, apresentando maiores diferenças com o grupo GIGG e GAJ. Sendo assim, os grupos de idosos praticantes não se diferenciaram, se aproximando ao desempenho dos adultos jovens. Compreende-se que a prática de exercícios físicos tem papel importante e eficaz na manutenção do equilíbrio postural durante o envelhecimento e pode evitar possíveis quedas.

Type de document:Article publié dans une revue avec comité d'évaluation
Volume:32
Numéro:2
Pages:p. 289-297
Version évaluée par les pairs:Oui
Date:2018
Sujets:Sciences de la santé
Sciences de la santé > Sciences de l'activité physique et réadaptation
Sciences de la santé > Sciences de l'activité physique et réadaptation > Physiothérapie
Département, module, service et unité de recherche:Départements et modules > Département des sciences de la santé > Unité d'enseignement en physiothérapie
Mots-clés:Envelhecimento, Equilíbrio postural, Exercícios físicos, Avaliação postural, vieillissement, équilibre postural, exercices physiques, évaluation posturale
Déposé le:11 sept. 2019 02:04
Dernière modification:11 sept. 2019 02:04
Afficher les statistiques de telechargements

Éditer le document (administrateurs uniquement)

Creative Commons LicenseSauf indication contraire, les documents archivés dans Constellation sont rendus disponibles selon les termes de la licence Creative Commons "Paternité, pas d'utilisation commerciale, pas de modification" 2.5 Canada.

Bibliothèque Paul-Émile-Boulet, UQAC
555, boulevard de l'Université
Chicoutimi (Québec)  CANADA G7H 2B1
418 545-5011, poste 5630